Jangada Brasil
  

  Jangada Brasil  | RealejoProvérbios  |  No Estradão  |  Amigos da Jangada  | Contato  | Mapa do Site

 

Jangada Brasil - abril 2004
Edição 65

catavento

Catavento
....................................
Rapa

Pau de sebo

Brincar de esconder

Balança caixão

Adivinhas
....................................

Capa
....................................
Festança
....................................
Cancioneiro
....................................
Imaginário
....................................
Oficina
....................................
Palhoça
....................................
Colher de Pau
....................................
Panacéia
....................................
Almanaque
....................................

 

Balança caixão

Ilustração de Marco JardimO menino sorteado estava no "pais" com a cabeça voltada para o muro.

Os demais enfileirados atrás, segurando um no ombro do outro. O último gritou:

— Balança caixão.

O primeiro respondeu:

— Balança você; bata na bunda e vá se esconder. Bateu no da frente e foi se esconder.

As perguntas e respostas se sucederam até o último da fila.

Ao grito dos escondidos o "pais" saiu a procurá-los. Achou um; correu atrás, mas não conseguiu tocá-lo até o "pais". Ficou livre. O quinto, porém, consegiu pegá-lo com facilidade. Passou a vara e este recomeçou a brincadeira.

 

(WOLFF, Emílio Silvestre. Nosso folclore. snt, p.150)